REGRA DE SOCIEDADE

Aprenda sobre Regra de Sociedade através de exemplos simples e objetivos. O conteúdo está na moda e tem caído em vários concursos públicos.
 
 

1. Definição

 
É uma divisão proporcional direta dos lucros ou prejuízos de uma empresa em relação ao tempo e ao capital empregado por cada sócio.

 
 

2. Tipos

 
 

Existem 4 casos possíveis:

 
Caso 1: O capital dos sócios é igual e o tempo de participação é igual.
Resolução: Divisão proporcional e direta do lucro total da empresa por cada sócio.

 

Exemplo: João e José iniciaram uma sociedade em 01/01/2012, onde cada um contribuiu com R$ 15.000,00. Durante o ano de 2012 essa sociedade obteve lucro de R$ 20.000,00. Qual o lucro de cada sócio?

 

Primeiramente, observemos que o capital e o tempo investido de cada sócio foi o mesmo, obviamente, basta dividirmos o lucro total da empresa pelos dois sócios. Logo, cada sócio teve um lucro de R$ 10.000,00.

 
 

Caso 2: O capital dos sócios é igual e o tempo de participação é diferente.
Resolução: Divisão proporcional direta do lucro/prejuízo em relação ao tempo de participação de cada sócio.

 

Exemplo: Pedro montou uma empresa no dia 01/01/12, tendo investido R$ 10.000,00. Em 01/07/2012, Tiago entrou em sociedade com Pedro, investindo o mesmo valor. Se no fim de 2012 a empresa teve um lucro de R$ 18.000,00, quanto coube a cada sócio?

 

Primeiramente, observemos que cada sócio investiu a mesma quantidade de dinheiro, o que muda é o tempo de participação na sociedade.

 

Como Pedro trabalhou 12 meses e Tiago trabalhou 6 meses, temos um total de 18 meses trabalhados.

 

Dividindo R$18.000,00 / 18 meses, temos que cada mês de trabalho valeu R$ 1.000,00.

 

Logo, Pedro recebeu R$ 12.000,00 e Tiago recebeu R$ 6.000,00.

 
 

Caso 3: O capital dos sócios é diferente e o tempo de participação é igual.
Resolução: Divisão proporcional direta do lucro/prejuízo em relação ao capital empregado por cada sócio.

 

Exemplo: Ana e Amanda montaram uma sociedade no dia 01/01/12, sendo que Ana investiu R$ 10.000,00
e Amanda investiu R$ 15.000,00. Se no fim de 2012 a empresa teve um lucro de R$ 36.000,00, quanto
coube a cada sócio?

 

Primeiramente, observemos que os sócios permaneceram pelo mesmo tempo na sociedade, por este
motivo, a divisão deveria ser igual. Porém, Amanda investiu mais dinheiro do que Ana. Nosso problema
consiste em calcular em porcentagem, quanto cada uma investiu em relação ao capital total da empresa.

 

Temos que o capital total da empresa é de R$ 10.000,00 + R$ 15.000,00 = R$ 25.000,00. Assim:
Ana investiu 10000/25000 = 0,4 ou 40%
Amanda investiu 15000/25000 = 0,6 ou 60%

 

Para calcularmos quanto cada uma recebeu, basta calcularmos as porcentagens sobre o lucro de R$ 36.000,00.

 

Ana recebeu 40% de 36000 = R$ 14.400,00

 

Amanda recebeu 60% de 36000 = R$ 21.600,00

 
 

Caso 4: O capital e o tempo de participação dos sócios são diferentes.
Resolução: Divisão proporcional direta dos lucros ou prejuízos de uma empresa em relação ao tempo e ao capital empregado por cada sócio.

 

Exemplo: Em uma sociedade o lucro foi de R$ 2.700,00. Calcular quanto os sócios Juca e Paulo devem receber, sabendo que Juca investiu R$ 1.200,00 e trabalhou 3 meses, enquanto Paulo investiu R$ 900,00 e trabalhou 5 meses.

 

O problema é um pouco mais complexo que os anteriores, porém seguindo os passos abaixo se torna simples:

 

1) Multiplicar o que cada sócio recebeu pela quantidade de meses trabalhados:
    Juca: 1200 x 3 = 3600
    Paulo: 900 x 5 = 4500

 

2) Somar os valores obtidos:
    3600 + 4500 = 8100

 

3) Dividir o lucro pelo valor acima:
    2700 / 8100 = 1/3

 

4) Finalmente, multiplicar 1/3 pelos valores encontrados no passo (1)
    Juca: 3600 x 1/3 = R$ 1.200,00
    Paulo: 4500 x 1/3 = R$ 1.500,00

Marcado com:

Sobre Jordon

Graduado e mestre em matemática pela Universidade Federal do Espírito Santo. Trabalha como bancário há 10 anos e também como professor em cursos preparatórios para ENEM, vestibulares e concursos públicos.

Deixe uma resposta

eu endereço de email não será publicado. Campos Obrigatórios *

*