CONECTIVOS LÓGICOS

Estudando raciocínio lógico para concursos? Confira aqui tudo o que você precisa saber sobre os conectivos lógicos.

Lembrando que temos outras publicações sobre o raciocínio lógico na sessão material didático.

Bom estudo!

 

 

INTRODUÇÃO

Os conectivos lógicos são utilizados para operar as proposições simples, transformando-as em proposições compostas. Eles são de suma importância para a interpretação das questões nas provas de concursos.

São eles: “e”, “ou”, “se, então”, “se, e somente se” e “ou… ou…”.

 

 

CONJUNÇÃO

A conjunção une duas ou mais proposições pelo conectivo “e”.

Símbolo utilizado: ∧

 

Exemplo:

p: Pedro tem uma bicicleta

q: Pedro tem um carro

p ∧ q: Pedro tem uma bicicleta e um carro.

 

A proposição composta resultante da conjunção será verdadeira apenas quando ambas forem verdadeiras. Veja:

 

 

DISJUNÇÃO INCLUSIVA

A disjunção inclusiva une duas ou mais proposições através do conectivo “ou”.

Símbolo utilizado: ∨

 

Exemplo:

p: Eu gosto de Matemática.

q: Eu gosto de Física

p ∨ q: Eu gosto de matemática ou de Física.

 

A proposição composta resultante da disjunção inclusiva será falsa apenas quando ambas forem falsas. Veja:

 

 

DISJUNÇÃO EXCLUSIVA

A disjunção exclusiva une duas ou mais proposições da seguinte forma:

Dizemos: “ou p, ou q”

Símbolo utilizado:

 

Exemplo:

p: Ana vai morar na Bahia.

q: Ana vai morar em São Paulo.

p q: ou Ana vai morar na Bahia ou Ana vai morar em São Paulo.

 

A proposição composta resultante da disjunção exclusiva será verdadeira apenas quando apenas uma das proposições for verdadeira. Veja:

 

 

CONDICIONAL

O conectivo lógico condicional une duas proposições da seguinte forma:

Dizemos: “se p, então q”

Símbolo utilizado: →

 

Exemplo:

p: Pratico esportes

q: Tenho um bom preparo físico

p → q: Se pratico esportes, então tenho um bom preparo físico.

 

Veja que a condicional será falsa em apenas um caso:

 

 

BICONDICIONAL

O conectivo lógico bicondicional é formado por duas condicionais.

Utilizamos uma bicondicional quando temos p→q e q→p.

Dizemos: “p se e somente q”

Símbolo utilizado: ↔

 

Exemplo:

p: 5 + 3 = 9

q: 9 – 5 = 3

p ↔ q: 5+3=9 se e somente se 9-5=3

 

A bicondicional será verdadeira quando as proposições utilizadas possuírem o mesmo valor lógico. Veja:

 

 

Gostou da nossa publicação sobre os conectivos lógicos?

Deixe o seu comentário.

About Jordon

Graduado e mestre em matemática pela Universidade Federal do Espírito Santo. Trabalha como bancário há 11 anos e também como professor em cursos preparatórios para ENEM, vestibulares e concursos públicos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*