ALGORITMO DA SUBTRAÇÃO

Atendendo a pedidos, veremos como é feita a subtração sem o auxílio de calculadoras, onde utilizaremos o chamado algoritmo da subtração.

O conteúdo não é difícil, porém a falta de uso do algoritmo acaba gerando algumas dúvidas.

Bom estudo!

 

 

SUBTRAÇÃO

A subtração é uma das operações mais básicas da matemática e está diretamente ligada a ideia de tirar ou saber quanto falta.

Exemplo:

Joãozinho tinha 4 carrinhos antes de dar 1 para o seu primo. Não é difícil perceber que Joãozinho ficou com 3 carrinhos.

 

O símbolo utilizado para representar a subtração é o (-). Veja:

4 – 1 = 3

Neste exemplo temos que:

4 é o MINUENDO

1 é o SUBTRAENDO

3 é a DIFERENÇA ou RESTO

 

 

O ALGORITMO

A estrutura do algoritmo da subtração é a seguinte:

Para utilizarmos o algoritmo, o minuendo e o subtraendo devem ser posicionados da direita para a esquerda, de modo que primeiro subtraímos as unidades, depois as dezenas, centenas, etc.

 

Observações

  • A ordem das parcelas faz toda a diferença. O minuendo deve ser colocado sempre acima do subtraendo;
  • O algoritmo pode ser utilizado para subtrair apenas um minuendo de um subtraendo;
  • O minuendo deve ser maior do que o subtraendo.

 

 

Exemplo 1. Efetuar a subtração de 65 por 42.

Unidades: 5 – 2 = 3

Dezenas: 6 – 4 = 2

 

 

Exemplo 2. Efetuar a subtração de 968 por 151.

Unidades: 8 – 1 = 7

Dezenas: 6 – 5 = 1

Centenas: 9 – 1 = 8

 

 

Exemplo 3. Efetuar a subtração de 846 por 572.

Temos agora um caso especial. Ao tentarmos subtrair as dezenas, temos que 4>7. Sempre que isto ocorrer, o 4 “pegará emprestado” com o algarismo a sua esquerda, passando a 14. O 8 por sua vez, passará a valer 7.

Unidades: 6 – 2 = 4

Dezenas: 14 – 7 = 7

Centenas: 7 – 5 = 2

 

 

Viu como é fácil utilizar o algoritmo da subtração?

Difícil é abandonar a calculadora não é mesmo… rs

About Jordon

Graduado e mestre em matemática pela Universidade Federal do Espírito Santo. Trabalha como bancário há 11 anos e também como professor em cursos preparatórios para ENEM, vestibulares e concursos públicos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*