ALGORITMO DA MULTIPLICAÇÃO

Atendendo a pedidos, hoje vamos falar sobre o algoritmo da multiplicação, onde abordaremos o produto de números naturais.

O conteúdo é não é complicado, porém muita gente se confunde na hora da prova devido ao uso excessivo de calculadoras no dia a dia.

Bom estudo!

 

 

MULTIPLICAÇÃO

A multiplicação faz parte do grupo de 4 operações básicas da matemática. Ela está ligada a ideia de adição de várias parcelas iguais.

Exemplo:

Juca comprou 6 carrinhos para o seu filho, cada um pelo preço de 4 reais.

Podemos calcular o valor pago por Juca somando o valor de cada um dos 6 carrinhos:

4 + 4 + 4 + 4 + 4 + 4 = 24 reais

 

Veja que foram apenas 6 carrinhos. E se fossem 200? Teríamos que somar o valor de cada um deles 200 vezes?

A multiplicação surgiu justamente para simplificar a representação e a operacionalização.

Podemos simbolizar a multiplicação de duas formas distintas: utilizando a letra × ou utilizando um ponto (.).

 

Veja:

6 × 4 = 24 reais

6 . 4 = 24 reais

 

Neste exemplo, 6 e 4 são fatores, e 24 é o produto.

FATOR × FATOR = PRODUTO

 

 

O ALGORITMO

A estrutura do algoritmo da multiplicação é a seguinte:

Para utilizarmos o algoritmo, os fatores devem ser posicionados da direita para a esquerda, de modo que as unidades, as dezenas, as centenas… fiquem sempre na mesma posição.

Passo a passo:

  • Multiplicar o algarismo das unidades do fator inferior por cada um dos algarismos do fator de cima, e usar o sistema de “vai um” quando o resultado for maior ou igual a 10. O resultado deve ser informado na primeira linha;
  • Multiplicar o algarismo das centenas da mesma forma, informando o resultado na segunda linha, e deixar a casa das unidades em branco ou informar um zero;
  • Repetir o processo para todos os algarismos do fator inferior, sempre lembrando de pular uma casa e uma linha;
  • Somar as linhas utilizando o algoritmo da adição.

 

Observações

  • A ordem dos fatores não altera o produto;
  • O algoritmo pode ser utilizado para multiplicar apenas dois fatores;
  • Colocar o fator menor na parte de baixo facilita a conta.

 

 

Exemplo 1. Multiplicar 45 por 2.

Unidades: 2 x 3 = 6

Centenas: 2 x 4 = 8

 

 

Exemplo 2. Multiplicar 14 por 3.

Unidades: 3 x 4 = 12 (usar apenas o 2)

Centenas: 3 x 1 = 3 + 1 = 4

 

 

Exemplo 3. Multiplicar 31 por 23.

 

 

Exemplo 4. Multiplicar 326 por 245.

 

 

Viu como é fácil multiplicar através desse algoritmo?

Deixe o seu comentário.

About Jordon

Graduado e mestre em matemática pela Universidade Federal do Espírito Santo. Trabalha como bancário há 11 anos e também como professor em cursos preparatórios para ENEM, vestibulares e concursos públicos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*